• lgmota

Relatório final da CPI da Petrobras isenta políticos e ataca delatores

O relatório final da CPI da Petrobras, apresentado nessa segunda-feira, diz que não há indícios contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e que a estatal foi vítima de empreiteiras. O relator da CPI, deputado Luiz Sérgio, também criticou o excesso de delações da Lava Jato. (Globo)


O Ministério da Fazenda pretende quitar o débito das pedaladas fiscais e regularizar as contas do governo. O estoque de pedaladas soma R$ 24,5 bi. A regularização das contas é uma exigência do Tribunal de Contas da União. (Valor)


O presidente da Câmara, Educardo Cunha, anunciou que vai entrar com recursos no STF contra as liminares que paralisaram o rito de impeachment definido por ele. (Estadão)


Os fiscais do governo de São Paulo acusados de exigir propina movimentaram R$ 62 mi em imóveis. O montante foi apurado pela Folha, em cartórios do estado. Os 11 servidores da Secretaria de Fazenda paulista atuavam na cobrança de ICMS e recebiam propina em troca do cancelamento de multas e redução de impostos. O grupo foi denunciado pela empresa Prysmian. Os servidores estão afastados das funções. (Folha)


#propina #SãoPaulo #TCU #ICMS #EduardoCunha #Petrobras #CPI #STF #DilmaRousseff #OperaçãoLavaJato

0 visualização
  • Facebook
  • Twitter

© 2010 by AntBuzz