• lgmota

eSocial apresenta falhas, admitem Serpro e Receita Federal

O sistema eSocial, criado para cadastrar empregados domésticos, apresentou falhas. O Serpro Receita Federal, responsáveis pelo sistema admitiram publicamente as instabilidades. Apenas pelo eSocial é possível emitir a guia para pagamento do FGTS dos empregados domésticos. Do total de 1,2 milhão de empregados, só 134 mil conseguiram imprimir a guia. Mesmo com problemas, a Receita descartou adiar o prazo de vencimento para pagamento, que termina nessa sexta. O sistema custou R$ 6,6 milhões aos cofres públicos. (Globo)

Os balanços da General Motors, Ford, Fiat e MAN na América Latina apresentam prejuízo esse ano. As quatros montadoras são as únicas que divulgam resultados separados para a América Latina e, juntas, acumulam prejuízos regionais de US$ 1,29 bi de janeiro a setembro desse ano. Os esgotados são reflexo da queda de vendas de até dois dígitos, das despesas de reestruturação do negócio, o aumento dos custos de produção e do aumento do dólar.(Valor)

O déficit do fundo de pensão da Petrobras – Petros – atingiu R$ 10 bi, em julho desse ano. É um aumento de 60% em apenas sete meses do ano. Os conselheiros da Petros justificam os resultados com queda do valor das ações e o retorno negativo em empresas nas quais o plano participa. Os 23 mil contribuintes e 55 mil aposentados podem ser obrigados a fazer novas contribuições a partir de 2017. (Folha)

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados define hoje o relator do processo por quebra de decoro parlamentar do presidente da Casa, Eduardo Cunha. Os três parlamentares sorteados defendem que há evidências para levar adiante o processo. (Estadão)

0 visualização
  • Facebook
  • Twitter

© 2010 by AntBuzz