• lgmota

Dilma ganha tempo no TCU para explicar irregularidades nas contas de 2014

Dilma Rousseff ganhou mais quinze dias no prazo para se defender das acusações de irregularidades nas contas de 2014, junto ao Tribunal de Contas da União (TCU). O pedido de extensão de prazo teria sido pedido por um senador da base aliada ao TCU. A votação das contas do governo anterior de Dilma devem ocorrer em outubro. O governo aposta que, no período, possa ocorrer um resfriamento da crise política e a análise das contas se dê num clima mais favorável. (Folha, Estado, Globo)

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, pretende ver aprovada, ainda esse ano, três das 27 medidas negociadas com o Senado, no acordo político dessa semana. Os esforços de Levy serão concentrados na reversão da desoneração da folha de pagamento, aprovação das reformas do ICMS e do PIS/Cofins  e a aprovação do projeto de repatriação de capitais. O objetivo é reforçar o caixa da União. (Valor)

1 visualização
  • Facebook
  • Twitter

© 2010 by AntBuzz