4 maiores fundos de pensão são investigados pela PF


FRAUDES

Quatro dos maiores fundos de pensão do país são alvo da Operação Greenfield. A Polícia Federal investiga a possível gestão fraudulenta da Petros (Petrobras), Funcef (Caixa), Previ (Banco do Brasil) e Postalis (Correio). A Operação prendeu cinco pessoas e executou 28 conduções coercitivas (quando a pessoa é obrigada a depor).

JÁ É FREGUÊS

O ex-presidente da OAS, Leo Pinheiro, foi preso pela Operação Greenfield. Além de Pinheiro – que já é réu na Lava  Jato -, também foram presos os empresários Wesley e Joesley Batista, do grupo JBS.

EM NÚMEROS

O prejuízo registrado pelos quatro fundos já chegou a R$ 48,7 bi. A PF bloqueou R$ 8 bi dos investigados.

VAMOS MUDAR

Os aliados devem ser os responsáveis pela mudança da PEC que limita os gastos do governo à variação da inflação do ano anterior. Os parlamentares já sugerem a flexibilização no cálculo do teto para as áreas da saúde e educação. O objetivo da PEC 241 é limitar o crescimento dos gastos públicos.

POST SCRIPTUM

Os bancários em greve, a partir de hoje.

#Postalis #OAS #gastopúblico #limitedegastos #Petros #PolíciaFederal #OperaçãoGreenfield #Previ #greve #JBS #fundosdepensão #Funcef #bancários

1 visualização
  • Facebook
  • Twitter

© 2010 by AntBuzz